"/> Entrevista a João Bernardo


Entrevista a João Bernardo

Estivemos à conversa com João Bernardo, após a sua participação no Estágio Nacional de Meio-fundo

João Bernardo ingressou no Juventude Vidigalense na época 2016/2017 e desde então tem-se destacado nas provas de meio-fundo com e sem obstáculos, conquistando pódios nacionais e marcas de muita qualidade.

A sua convocatória para o Estágio Nacional de Meio-fundo, que decorreu entre 21 e 27 de outubro, em Vila Real de Santo António, surgiu como resultado dos seus feitos. Após esta sua participação, quisemos saber um pouco sobre a experiência.

 

Esta tua participação no Estágio Nacional Sénior do setor de Meio-fundo marca a primeira experiência a este nível, correto? Quando eras mais jovem tinhas já integrado algum Estágio ou Concentração Nacional?

 No escalão de sénior sim. Já tinha estado em Estágios nos escalões de formação, mas este foi incomparavelmente diferente.

 

Consideras que estes momentos são importantes na carreira de qualquer atleta? Em que sentido?

Claro que sim! Ser atleta de meio fundo e fundo é muitas vezes solitário, corres uma centena de quilómetros semanais, muitas vezes sem companhia, em que os únicos feedbacks que recebes são as sensações do teu corpo e o ritmo do relógio, é psicologicamente desgastante. Apesar de teres um treinador, ele nunca consegue estar ao teu lado a não ser que faça os treinos contigo de bicicleta. Conseguires juntar um grupo de atletas relativamente equilibrado, com condições de treino e descanso ideais é sem dúvida uma mais valia para todos. Nunca treinas sozinho, mesmo quando ficas cansado estás sempre pronto a ultrapassar os teus limites para não ficares para trás, no fundo corres sempre rápido sem grande esforço.

 

Sabemos que neste estágio estiveram atletas de nível internacional e já com participações Olímpicas. Qual a sensação de poder partilhar experiências com estes atletas?

É um privilégio. São todos pessoas acessíveis e sem problemas em partilhar experiências e/ou treinos. Todos eles adoram o que fazem e passam uma energia positiva para quem os rodeia. Acabam por ser a nossa inspiração.

 

Qual o balanço final desta tua participação no Estágio?

Treinei a bom nível, não me lesionei, estive com pessoas fantásticas tão ou mais apaixonadas pela modalidade como eu, só pode ter um balanço positivo. Saio muito motivado para encarar as semanas de treino que faltam até às primeiras competições.

 

Objetivos e/ou perspetivas para esta nova época?

O objetivo é superar com margem confortável todos os resultados que trago da época passada, conseguindo isso, tenho a certeza que serei muito competitivo em qualquer competição que participe.

 

Um agradecimento ao João pela sua disponibilidade e votos de uma excelente época!



Parcerias Institucionais

Parcerias Privadas